Cicatrização como fator chave na redução do tempo de internação de pacientes queimados

 In Artigos

Um grande desafio para os hospitais é a diminuição do tempo de internação dos pacientes, principalmente aqueles que possuem feridas complexas como queimaduras de alto grau, que podem sofrer complicações durante o processo de cicatrização e e evoluir para quadros clínicos críticos (dependendo de como está sendo realizado o cuidado com o paciente).

A cicatrização é um fator importante no cuidado do paciente, tanto para diminuir o tempo de internação quanto para a própria saúde do mesmo. Quanto mais tempo o paciente passa na instituição, mais risco ele corre de contrair infecções hospitalares e tendo seu quadro piorado em decorrência dessas infecções.

No conteúdo de hoje, falaremos sobre como a cicatrização é um fator chave para reduzir o tempo de internação em pacientes queimados. Boa leitura!

Cicatrização de pacientes queimados

Queimaduras são lesões causadas por calor excessivo, frio extremo, agentes químicos e descargas de corrente elétrica. A Organização Mundial de Saúde (OMS) caracteriza as queimaduras como um problema global de saúde pública, já que ela é responsável por cerca de 265 mil mortes por ano.

No Brasil o número de óbitos por queimaduras está na estimativa de 2500 mortes anuais, além disso, as queimaduras aparecem entre os cinco acidentes mais comuns, com cerca de 1 milhão de casos por ano.

Queimaduras são divididas em graus diferentes, dependendo de sua complexidade. Sendo primeira, segunda, e terceiro grau. Sendo a última que compromete muito a saúde e vitalidade do paciente.

Como dissemos no início do conteúdo, o tratamento de queimaduras é um grande desafio para os hospitais, pois precisam de agir de maneira que não agrave o estado do paciente. Como as queimaduras deixam as camadas mais profundas da pele expostas, é imprescindível que a organização tenha estrutura para o tratamento da mesma.

Podemos colocar em pauta a estrutura do hospital como fator importante no processo de cuidados e do tempo de internação de pacientes queimados. Sem local adequado (higienizado, equipamentos e medicamentos) para o tratamento do paciente, o risco do mesmo ser acometido por eventos adversos é grande.

Um desses riscos são as infecções hospitalares, quanto mais tempo o paciente passa na instituição, a probabilidade de contrair infecções é grande. Caso a infecção vá para a corrente sanguínea se torna mais complicada de ser erradicada.

Os problemas de ter um longo tempo de internação, não traz problemas somente ao paciente, mas também aos hospitais. Cuidar de pacientes demanda muitos recursos, e dependendo da situação os recursos necessários podem ser caros, chegando a um momento que podem se tornar gastos desnecessários.

A redução desses gastos é um foco para as instituições e por isso um longo tempo de internação pode significar que algo nos processos do cuidado do paciente estão com algum gargalo.

Cabe ao hospital analisar o que está acontecendo e encontrar medidas para que esse problema seja diminuído. Como um fator de auxílio a tecnologia se faz presente.

A tecnologia no monitoramento e acompanhamento de pacientes queimados

Além de nos auxiliar no dia a dia, a tecnologia tem papel importante na saúde, diversos avanços foram (e estão) realizados por ela, podemos citar alguns como, teleconsulta, diagnóstico mais acelerado, medicamentos mais eficazes, etc. O que também teve avanço é no que tange o acompanhamento do paciente, ou seja, sua jornada no hospital.

Esse acompanhamento permite que a equipe tenha todas as informações do paciente, bem como seu histórico hospitalar, e também histórico familiar. Com a tecnologia, enfermeiros por meio de prontuário eletrônico, têm acesso, por exemplo, a todos os medicamentos usados por determinado paciente,  e também conseguem rastrear e acompanhar os cuidados como as troca de ataduras, roupas de cama, etc.

O Carefy é uma plataforma que auxilia os profissionais a terem um acompanhamento do paciente de forma que as informações estejam integradas em um único local. O software é equipado com diversos módulos, como, auditoria concorrente, auditoria de contas, home care, prorrogação e autorização de guias.

Além disso, o Carefy conta com mais de 60 indicadores que auxiliam na tomada de decisão. Com o Carefy as instituições de saúde conseguem acompanhar toda a jornada do paciente, desde sua entrada até o fechamento de sua conta no hospital.

In Situ
Somos uma startup de base tecnológica da área da saúde, que visa oferecer como produto a terapia celular individualizada para tratamento de pacientes portadores de úlceras crônicas e queimaduras graves. Nosso principal objetivo é melhorar a qualidade de vida de nossos pacientes.
Recent Posts
Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text.